Um blog sobre…

Meninos e meninas

Não gosto muito de parecer com ninguém.

Odeio meninas que me lembrem de mim mesma.

Primeiro, isso é egoísmo, mas tudo bem. Segundo, são fases da vida.

Já percebeu que quando a gente é criança, queremos ser iguais à todo mundo? Se encaixar e tudo mais, usar a mesma roupa da amiga, comprar as mesmas coisas, ser na maioria das vezes “maria vai com as outras”. É normal não é? Eu lembro de combinar minhas roupas com a minha melhor amiga, a gente queria sempre que as pessoas pensassem que nós eramos irmãs, hahaha, hoje em dia já não vejo graça nisso, ou melhor, faço de tudo pra não parecer com ninguém.

Quando a gente cresce, tudo o que queremos é inovar! Ser diferente! Inventar moda! E é verdade, principalmente na adolescência onde a gente vai criando a personalidade, andando com as pessoas erradas (ou não), descobrindo quem é que vai ficar mesmo do seu lado.

Semana passada li um livro chamado “Doze” que conta a história da juventude de NY, vários adolescentes escolhendo seus caminhos, errando, as drogas na classe rica nova iorquina e no final, as consequências. Muito bom, mas o filme (Twelve) achei meio fraco.

Uma música que eu amo e acho que tem tudo a ver com ser diferente e se achar, é “Meninos e Meninas” do Legião Urbana

“Quero me encontrar, mas não sei onde estou
Vem comigo procurar algum lugar mais calmo
Longe dessa confusão e dessa gente que não se respeita
Tenho quase certeza que eu não sou daqui

Acho que gosto de São Paulo
Gosto de São João
Gosto de São Francisco e São Sebastião
E eu gosto de meninos e meninas

Vai ver que é assim mesmo e vai ser assim pra sempre
Vai ficando complicado e ao mesmo tempo diferente
Estou cansado de bater e ninguém abrir
Você me deixou sentindo tanto frio
Não sei mais o que dizer

Te fiz comida, velei teu sono
Fui teu amigo, te levei comigo
E me diz: pra mim o que é que ficou?

Me deixa ver como viver é bom
Não é a vida como está, e sim as coisas como são
Você não quis tentar me ajudar
Então, a culpa é de quem? A culpa é de quem?

Eu canto em português errado
Acho que o imperfeito não participa do passado
Troco as pessoas
Troco os pronomes

Preciso de oxigênio, preciso ter amigos
Preciso ter dinheiro, preciso de carinho
Acho que te amava, agora acho que te odeio
São tudo pequenas coisas e tudo deve passar”

 

That’s it, pretendo não entrar em recesso novamente.

=)

Comentários em: "Meninos e meninas" (1)

  1. hahaha, amém a tudo o que voce disse!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: