Um blog sobre…

Arquivo para agosto, 2009

Eu não nasci na época certa.

Sério, cada dia que passa, minhas conclusões ficam mais evidentes.
EU NÃO PERTENÇO A ESSA ÉPOCA!

Eu queria andar na rua sozinha,
Ir pra escola e voltar a pé,
Ir pro cinema de noite,
Não depender do vício no computador,
Não usar o telefone para longas conversas,
Não perder meu tempo na T.V e no Wii,
Usar as roupas dos anos 70,
Ver o Rock in Rio,
Ver o Raul cantar,
Ver os filmes antigos no CINEMA,
Poder ir nos shows com amigos,
Esperar loucamente pela estréia dos clipes do Michael J na MTV,
Chorar ao ouvir as músicas do Aerosmith e do Guns no rádio,
Ter vários posters e morrer de tanto esperar pelos shows da Madonna no Brasil,
Dançar “Like a Virgin” nas baladas como se fosse a música mais legal do mundo,
Usar o cabelo black power, calças de cintura alta, jaqueta de couro como última moda,
Ver “Confissões de Adolescente” na TV,
Dançar direitinho os passos de Thriller sem ser zoada pelos meus amigos,
Assistir Woodstock,
Comprar LPs…
Escrever e receber cartas dos amigos distantes,
Enfim, eu queria ter nascido antes, prefiro muuuuuito mais o século passado!

Olhem as roupas, que TUUDO:
Guns'n Roses1 Guns ‘n Roses

run2 The Runaways

Minhas amigas dizem que eu tenho “cultura de velhinha”, porque mais da metade das músicas do meu Ipod tem no mínimo 20 anos, porque eu tenho vontade de usar umas roupas retrô, porque eu falo umas expressões meio antigas, porque eu canto “Maluco Beleza” e “Walk This Way” no meio da aula, porque eu ponho “Poison” do Alice Cooper no subnick do msn, e porque eu acho o Axl Rose lindo, TÁ EAÍ? O QUE EU FAÇO SE NASCI NA ÉPOCA ERRADA? SE O SÉCULO XXI NÃO É MEU ESTILO?
Aii, mas que chato, o único jeito é ler os livros da época, ver os vídeos e ouvir as histórias da época de METAL do meu pai e histórias de quando minha mãe achava os Menudos gatinhos.

Continuo me torturando com as vontades de dias que infelizmente já passaram, mas que graças a Deus as pessoas não esquecem e registram tudo!
Obrigada a todos que tem paciência de me contar as histórias, e a todos que postam no youtube os vídeos das músicas, shows, festivais, mais legais do mundo!

SÉCULO XXI- #FAIL

Um montão de beijos,
TOCA RAUUUUUL!
hihi =)

Anúncios

With a little help from my friends.

Geenteeeeeeeeeee, olha, sabe meu post sobre o amor só depois dos 18? Então, quero dizer que agora estou bem! Siim, consegui melhorar e parar de sofrer que nem idiota. E meu melhor remédio, foram meus amigos, que me provaram de uma vez por todas que são a melhor coisa que alguém pode ter na vida.
A importância que os amigos tem nessas horas, é indescritível. Porque mesmo aqueles que não te conhecem muito bem, se importam e te ajudam quando vc precisa…
Então só posso agradecer a toooodos que as vezes não sabendo, me ajudaram e me fizeram perceber que a vida não se resume a uma pessoa só e sim, a aquelas que estão SEMPRE com vc.
Amigo é um presente que vc dá a si mesmo e com certeza, o melhor presente, que dura pra vida toda.

Acho essa música suuper bonitinha dos Beatles- With a Little Help From My Friends

“What would you think if I sang out of tune,
Would you stand up and walk out on me.
Lend me your ears and I’ll sing you a song,
And I’ll try not to sing out of key.

Oh I get by with a little help from my friends,
hm I get high with a little help from my friends,
hm Gonna try with a little help from my friends.

What do I do when my love is away.
(Does it worry you to be alone)
How do I feel by the end of the day
(Are you sad because you’re on your own)
No I get by with a little help from my friends,
hm I get high with a little help from my friends,
hm Gonna try with a little help from my friends.

Do you need anybody?
I need somebody to love.
Could it be anybody?
I want somebody to love.

Would you believe in a love at first sight,
Yes I’m certain that it happens all the time.
What do you see when you turn out the light,
I can’t tell you, but I know it’s mine.
Oh I get by with a little help from my friends,
hm I get high with a little help from my friends,
Oh Gonna try with a little help from my friends.

Do you need anybody?
I just need someone to love,
Could it be anybody?
I want somebody to love.

Oh I get by with a little help from my friends,
hm Gonna try with a little help from my friends,
hm I get high with a little help from my friends,
Yes I get by with a little help from my friends,
With a little help from my friends.”

A verdade é essa, os amigos são TUUUDO!
Obrigada por fazerem meus dias mais felizes, e por estarem sempre do meu lado.

ALL YOU NEED IS……..FRIENDS!

Beijão,
Vick

Protesto!

Aah, sim eu protesto!
CONTRA O AMOR ANTES DOS 18 ANOS!
aaai, mas que saco viu… é tão difícil aguentar isso!
Sinceramente, todos dizem que o amor é lindo, que é isso e aquilo. Mas a verdade? O AMOR É FEIO, MUIITO FEIO!
Isso me lembra aquela música dos Tribalistas- “O Amor é Feio”

E aliás, sempre penso que só deveríamos nos apaixonar depois que amadurecermos, ou seja depois dos 18, que é uma idade boa, sabemos o que fazer na maioria das vezes e somos capazes de ter pensamentos maduros sobre amor. Porque é muito difícil ter que lidar com tudo isso, além da escola, do corpo, dos conflitos do dia-a-dia, das escolhas, dos amigos, AINDA TENHO QUE ME PREOCUPAR COM AQUELE MENINO? Brrrrrrr, que no final, se torna a coisa mais importante durante diiiiiiiiias…
E pior ainda, o menino nem gostar de você gosta!
No começo, era tão legal gostar de alguém, ter motivo pra discutir com as amigas, pra imaginar você e ele antes de dormir, de sorrir T-O-D-A vez que ele vem falar com você no MSN, ter chiliques quando ele aparece, e de tremer quando ele está perto de você.
Mas AGORA, quando você percebe que não está só apenas gostando dele fica beeeem chato. Porque além de tudo, ele não gosta de você e aí começa o sofrimento… viiiiiiixi, e fica cada vez pior.
Só que não tão pior, quando o menino dá esperanças pra vc! Aiai, isso dói. E depois, vc descobre que era só uma coisa momentânea, vc briga com ele, ele vai embora e aí já viu. São dias sem comer direito, e chorar antes de dormir. E o ruim, é que as vezes me sinto um pouco masoquista, fico escutando músicas tristes o tempo todo, escrevendo sobre ele o tempo todo, e acabo pensando nele o TEMPO TODO! Parece até que gosto de sofrer, e nem sei porque faço isso. Segundo minha mãe, isso passa, e no fundo eu sei que passa, mas no momento não tá passaaaaaaando!
Aos poucos vou esquecendo com ajuda dos meus amigos, que são a melhor coisa nessas horas.
Mas continuando, eu preferia passar por isso só quando crescesse, ninguém merece ficar assim! Talvez com 18 anos, eu possa entender melhor, e saber passar por isso com menos dificuldade, porque com 13 tá beem difícil!
Movimento- AMOR? SÓ DEPOIS DOS 18!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Bem que eu queria, alguém com mais de 18 pode me provar isso? Tô errada? Continua a mesma coisa?
Ficou um tanto quanto pessoal esse post, mas só pra vcs saberem como eu sinto.

Beijão 😦 – tomara que passe!
Vick Bastos